miércoles, 21 de mayo de 2014

O que dá pra fazer: Risoto de roquefort com pêra

Uma das coisas (às vezes chatas) dessa vida de moradia é comprar um ingrediente e ter que repetir o prato várias vezes.

Eu gosto de risoto, não acho difícil fazer (ainda mais dentro das possibilidades que tenho), mas comprar um pacote de 500g de arroz arbóreo rende várias receitas (ainda bem que dá pra variar nas combinações e que o arroz não estraga rápido - logo, dá pra tentar espaçar o tempo entre um risoto e outro).

Quanto ao preparo, receita de risoto costuma ter um roteiro padrão - que só fica complicado dependendo dos ingredientes que você usa.

Como o meu risoto era simples, o preparo foi mais tranquilo:

Você doura o arroz arbóreo (faz toda diferença ser arbóreo) na manteiga, mexendo bem para dourar todos os grãos.

Aos poucos (bem devagar), você vai colocando água quente (não fervente), sempre mexendo para o amido se desenvolver bem.

Quando o arroz estiver cozido (é importante ele ainda ter caldo - que deve estar bem grossinho por cauda do amido do arroz), você diminui o fogo, acrescenta o queijo, as pêras e suco de limão.

Sirva quente, com ervas (no meu caso, salsinha) e bom apetite!!

:)

PS: um tempo atrás eu falei, mas não custa repetir: como eu estou com uma cozinha compartilhada (e com limitações), não tenho condições de ficar tirando fotos de cada etapa do preparo, nem de ficar registrando quantidades exatas. Aí os posts acabam ficando com mais cara de idéias de comida do que de receita mesmo... Foi mal aê...

2 comentarios:

D Augusto dijo...

Descobri o mundo dos risotos bem recentemente. Aqui um pacotinho desses rende bastante tb. Tanto que ainda tem kkkk. Não sou muito fã de pera não mas até que toparia privar este.

Abraços

Guloso e Saudável dijo...

Olá Daniel,
Risoto de queijo Roquefort com pera é divino é uma deliciosa sugestão de refeição.
Beijo, bom final de semana,
Vânia