miércoles, 21 de enero de 2015

Bolinho de feijoada


Não é exatamente um bolinho de feijoada... é um bolinho à base de feijão preto.

O que dá a ilusão de feijoada à receita são o bacon (que pode ser retirado por quem está em busca de opção vegetariana) e os acompanhamentos (couve na manteiga e laranja fatiada).

Eu fiz esses bolinhos (da foto à esquerda) assados no forno, mas fritos eles ficam mais dourados.



Ingredientes
200g de feijão preto
bacon (a gosto)
temperos (sal, pimenta, cebola, alho, louro, coentro, etc) a gosto
1 ovo e farinha de rosca (para empanar)
couve, laranja e molho de pimenta (de acompanhamento)

Preparo
Deixe o feijão preto de molho em água fria na véspera. Lembre-se de trocar a água do molho pelo menos uma vez e trocar essa água (por água fresca) ao levar para cozinhar.

Se não for possível deixar de molho na véspera, deixe por, pelo menos 1h - isso vai, dentre outras coisas, facilitar o processo de cozimento.

Leve o feijão para cozinhar apenas com água (e com as folhas de louro, se estiver usando para temperar).

É bem normal formar uma espuma branca (feia) durante o cozimento do feijão - com uma colher (ou escumadeira), retire o excesso dessa espuma (e descarte).

Quando o feijão estiver cozido, leve ao processador (ou liquidificador).

Sugiro processar o feijão em pequenas quantidades e com um pouco de água para não forçar o motor do processador ou do liquidificador (e também sugiro retirar as folhas de louro, caso tenha utilizado no cozimento).

Em uma panela, refogue o bacon (picado em cubos pequenos), a cebola e o alho.

Acrescente o feijão processado e demais temperos (salsa, coentro, cebolinha, sal, pimenta, etc.).

Mexa até evaporar o excesso de água e obter uma massa moldável (na dúvida, teste, com duas colheres, se consegue fazer um bolinho - nem precisa preocupar com a aparência do bolinho neste momento).

Reserve a massa e deixe esfriar até a massa estar manuseável. Quando a massa estiver fria, molde-a em bolinhos (no meu caso, usei uma colher de sopa como medida).

Reserve dois pratos de sopa para empanar os bolinhos: no primeiro, coloque o ovo (batido com sal e outros temperos a gosto) e no outro a farinha de rosca (também com temperos a gosto). Para quem quer fazer a receita sem glúten, sugiro trocar a farinha de rosca (por maisena ou farinha de milho, por exemplo).

Passe os bolinhos pelo ovo e em seguida pela farinha de rosca.

Coloque os bolinhos empanados em um prato e deixe descansar (ao deixar descansar, a farinha de rosca absorve eventuais excessos de ovo - o que é especialmente útil se você for fritar os bolinhos).

Frite por imersão em óleo quente, ou leve ao forno alto, pingando algumas gotas de azeite por cima.

Sirva ainda quente, acompanhado de fatias de laranja e couve refogada na manteiga...

Em tempo.... Como eu disse no começo, fiz esses bolinhos da foto à esquerda no forno...

...mas abri uma brecha na minha política de não fritar coisas em casa e fiz uma leva frita em óleo de canola (como eu também disse no começo, eles ficam mais dourados... mas também mais calóricos... e fica o cheiro de fritura na casa - de que eu, particularmente - não gosto).

De qualquer forma... fritos ou assados, bom apetite!!

1 comentario:

Guloso e Saudável dijo...

Bom dia Daniel,
Minha avó preparava pasteis doces de feijão, lógico que salgado é mais adequado ao nosso paladar, certamente são muito saborosos.
Beijo, boa semana,
Vânia