sábado, 10 de septiembre de 2011

Ninhos de macarrão

Esta ideia fantástica de fazer ninhos de macarrão veio do Panelaterapia - eles realmente ficam gostosos e realmente são fáceis de fazer.

Eu tive um problema, no entanto: não segui completamente as instruções da receita e acabei cometendo um erro de execução (a parte interna de alguns dos ninhos não cozinhou perfeitamente).

Assim, já coloco a receita com correções, mas enfatizo que as correções são em relação ao meu teste e não em relação à receita do Panelaterapia. Se ficar inseguro em usar essa receita que escrevi corrigindo, dê uma olhada nos passos do  Panelaterapia - é uma metodologia diferente que parece ter funcionado bem.


Ingredientes:
6 ninhos de talharim (no supermercado, normalmente o talharim já é vendido nesse formato e, em algumas embalagens, isso até já vem escrito)
1 lata de tomates (pelados)
1 cebola média (picada em tiras finas)
alho, salsão e outros temperos a gosto
50-100g de ervilhas congeladas (opcional)
3 azeitonas (opcional)
6 colheres de requeijão
queijo parmesão (para polvilhar)

Preparo
Comece fazendo um molho de tomates:
Refogue a cebola, o alho, o salsão e os outros temperos. Acrescente água e os tomates e deixe o molho cozinhar até os tomates desmancharem.
A parte importante aqui é não deixar o molho secar demais. Meu erro de execução nesta receita foi justamente aí. Como mostra a foto ao lado, meu molho secou bastante e, com isso, não penetrou totalmente nos ninhos de macarrão e o interior de alguns dos ninhos não cozinhou perfeitamente.

Quando o molho estiver pronto, verifique o sal (acerte, se necessário) e deixe-o esfriar.

Lambuze (bem) os ninhos de talharim em molho (frio/morno) e ajeite-os em uma forma. Deixe descansar por algumas horas (ou do dia para a noite). Esse é outro passo que sugiro para evitar que a parte interna dos ninhos não cozinhe (apenas lembrando, é com essa metodologia de montar massa e molho que eu costumo fazer lasanha e, normalmente, não dá problema).

Coloque uma colher de requeijão por cima de cada um dos ninhos e leve-os ao forno, pré-aquecido, por alguns minutos.

Quando os ninhos já estiverem cozidos, ajeite um pouco de ervilhas (ainda congeladas e/ou azeitonas) por cima. Leve por alguns minutos ao forno para que as ervilhas descongelem (isso normalmente é rápido). Sirva com queijo parmesão e uma salada.

Substituições:
  • Se quiser ter menos trabalho, em vez de usar os tomates enlatados, use um molho de tomates industrializado (só pra constar, prefiro os tomates enlatados);
  • Na receita original, do Panelaterapia, foram usados rolinhos de presunto e queijo em vez das ervilhas e azeitonas (optei por ervilhas e azeitonas porque elas dariam um aspecto mais parecido com um ninho ao prato final).


1 comentario:

Gustavo dijo...

vc fez antes de mim!!!!!!!!!!!!!!
tava de olho na receita quando saiu no panelaterapia.