martes, 9 de agosto de 2011

Sonho dourado (ou polenta frita recheada)

Muito muito tempo atrás.... (as datas reais já começam a denunciar a idade), eu fazia parte da comissão de formatura da faculdade e precisávamos definir o buffet do baile (até comissão de formatura tem um lado bom, certo?).

Para sermos bastante democráticos, gastronomicamente falando, definimos que teríamos uma opção de frango, uma de carne, uma de queijo, uma vegetariana (e por aí vai, que já não lembro nem quantas opções tínhamos que selecionar mais).

E veio a dúvida sobre a opção de frango. O dono do buffet nos sugeriu, então, o sonho dourado. Basicamente era uma coxinha de frango, mas em formato quadrado.

Primeiro veio o momento WTF, mas depois ele explicou: a maior parte das pessoas gosta de coxinha de frango, mas ninguém come coxinha de frango em um baile por achar que é um salgado muito normal. Mas, se você mudar o nome e o formato, as pessoas voltam a comer e acham ótimo...... só pra constar: ele estava certo!

Aproveitando a ideia do Bolinho (não tão) caipira do Panelaterapia e o sonho dourado do meu buffet de formatura, fiz a seguinte receita:

Ingredientes para a massa:
200g de farofa pronta industrializada (é possível substituir por farinha de milho, temperos e um pouco de farinha de mandioca - como a do Panelaterapia)
1 colher (sopa) de salsão picado
2 colheres (sopa) de óleo de soja
aproximadamente 150ml de água (ou o suficiente para dar o ponto)


Misture todos os ingredientes e leve a massa ao fogo médio, mexendo sempre, até a massa soltar do fundo da panela, formando uma bola única e parecendo um angu/polenta mole (na foto ao lado, a massa já está mexida - eu já tinha começado a enrolar os bolinhos -, mas dá para ter uma ideia do ponto).

Essa massa é bastante maleável e fácil de manusear - mas apenas enquanto está morna (quando ela esfria totalmente, fica quebradiça e difícil de modelar... mas aí, é só voltar a esquentar, acrescentando mais um pouco de água, se necessário).

Utilize cerca de uma colher de sopa da massa por bolinho. Abra a massa e coloque o recheio. Feche o bolinho e molde-o, da forma que preferir (eu fiz em formas quadradas, como já disse).


Recheios:
Usei peito de frango desfiado para rechear os bolinhos, mas é possível fazer diversos outros recheios.

A sugestão do Panelaterapia foi filé mignon picado bem miúdo, refogado com bacon, cebola, alho e cheiro verde.

Outras possibilidades são: azeitona sem caroço; presunto ralado (com queijo); e por aí vai.

Finalização dos bolinhos:
Prontos os bolinhos, deixe-os esfriar (facilita a finalização, especialmente se for fritá-los) e frite-os (em óleo, ou empanando-os) ou leve-os para assar.... No meu caso, para usar menos óleo, usei uma frigideira anti-aderente e 1 colher (sopa) de óleo (para fritar todos os bolinhos, como mostra a foto... aliás, o fato de eles serem quadrados facilitou bastante para preparar assim).

PS: dá pra dizer que ficou parecendo polenta frita recheada, ou pastel de angu

1 comentario:

YES we Cooking dijo...

Linda a polenta em cubinhos!
Convido a conhecer o meu blog www.yeswecooking.blogspot.com
Beijos, Cecilia