jueves, 21 de julio de 2011

Panetone salgado

Uma das coisas de quando você muda de cidade é que, às vezes, você tem vontade de ir para a sua cidade natal apenas para fazer compras.

Não que a sua cidade de origem seja melhor, nem mais barata, nem nada... a grande questão é: pelo menos lá você sabe onde comprar o que você quer.

E por mais prestativas que as pessoas da sua cidade nova sejam, nem sempre você (no caso, eu) sabe explicar exatamente o que você quer. Já fiz o teste: as pessoas nem sempre conseguem entender quando eu digo que preciso daquele negócio, que é meio redondo, mas tem formato indefinido, e que é muito útil, apesar de pouca gente usar.

Os itens problemáticos da vez: fermento biológico e forma para panetone...

Ironias da vida: eu morava a três quadras de uma padaria em BH e nunca comprei fermento biológico lá. Aqui, não tenho ideia de onde tenha uma padaria perto da minha casa e já fiz 5 fornadas de receitas com fermento biológico (e não adianta dizer pra eu comprar fermento biológico no supermercado que eu já tentei dois grandes e eles não tinham pra vender!).

Bem, a receita da massa não foi muito diferente das receitas de pão que eu vinha fazendo...

Ingredientes:
250-300g de farinha de trigo
2 colheres de sopa de fermento biológico
2 colheres de sopa de açúcar
2 colheres de sopa de óleo
200ml de água morna
pitada de sal
(também usei aproximadamente 2 colheres de sopa de cenoura ralada.... por algum motivo, minha massa não queria crescer e apelei para a cenoura.... por algum motivo - provavelmente a umidade e o açúcar da cenoura - funcionou)

Comece fazendo uma esponja:
Coloque a farinha de trigo em uma vasilha grande (ou superfície lisa, dependendo da sua cozinha), faça uma cavidade no meio da farinha, coloque o fermento, o açúcar e um pouco de água morna. Misture o fermento o açúcar e a água morna (e um pouco da farinha) e deixe essa mistura fermentar por 20min. aproximadamente.

Em seguida, misture o óleo, o sal (e outros temperos a gosto) e o restante da farinha à esponja (e, no meu caso, também a cenoura ralada). Acrescente mais água morna (aos poucos!!!) para dar liga à massa.

Novamente, a quantidade de água a ser usada varia de acordo com a qualidade da farinha de trigo. Coloque a água aos poucos e misture bem a massa. O ponto correto é uma massa que se solta facilmente da mão. Acho que vale a pena dizer que é bom, de tempos em tempos, raspar a mão com uma colher e para ver o ponto da massa (às vezes, sua mão fica suja com um pouco da massa que está mais mole e isso faz a massa - que já está no ponto - continuar grudando na mão).

Pronta a massa, cubra-a com um pano e deixe-a descansar (vá ver um filme... mexer na internet.... passear com o cachorro...). Esse descanso da massa leva algumas horas (a minha, deixei descansar por 3h ao todo - 2h nesta primeira etapa e mais meia hora em cada uma das etapas seguintes).

Para definir quantas horas a massa vai descansar, utilize o seguinte truque: antes de colocar o pano sobre a massa para ela descansar, faça uma bola com a massa (toda ela) e faça um buraco nessa bola (com o dedo mesmo): esse buraco vai dar uma boa dimensão do crescimento da massa. Espere até a massa dobrar de tamanho.

Quando a massa dobrar de tamanho, misture o recheio do 'panetone'. No meu, usei:

100g (aproximadamente) de linguiça calabresa cortada em cubos
1/2 lata de milho verde (escorrido, obviamente)
50g de ervilhas (congeladas)
50g de bacon (cortado em cubos)
cebolinha
50g de queijo parmesão ralado

Misture bem. E deixe a massa descansar de novo (mais meia hora: aproveita pra ver um episódio de Adorável Psicose: é divertido).
Como eu havia mencionado, não sei onde comprar forma de  panetone por aqui. Improvisei, então, com o papel manteiga que eu tinha em casa.

No meu caso, fiz pequenas bolinhas de massa e coloquei-as (uma em cima da outra, por causa de umas ideias do Gu) no papel manteiga. Mas, se quiser, pode fazer uma grande bola com a massa e acomodá-la na forma de panetone ou no papel manteira e deixe crescer por mais meia hora  (finalizando as 3h que falei antes). Finalmente, leve ao forno médio.

Deixe a massa assar por aproximadamente 25min sem abrir o forno (esse tempo varia de acordo com o forno). Acompanhe a massa pelo vidro do forno, vendo se ela está dourada por cima.

Massa assada, dourada, retire-a do forno e sirva.
Ah.... e retire o papel antes de comer (parte importante)

No hay comentarios: