martes, 3 de mayo de 2011

Cuscuz à paulista (ou quase à paulista)

Fiquei tão empolgado com o resultado desse cuscuz que nem quis desenformar pra postar a receita.

Eu me baseei em receitas de cuscuz à paulista, mas o que fiz não foi exatamente à paulista... se bem que tem tantas receitas de cuscuz à paulista por aí que uma deve ser parecida com a minha.

Mas vamos lá.... 



Ingredientes:
1/2 peito de frango
1 cebola grande (cortada em pedaços grandes)
2 dentes de alho
sal a gosto
100ml de molho de tomate (usei molho com manjericão)
1 molho de cebolinha
200g de ervilhas (congeladas)
1 pimentão
6 azeitonas pretas
250g (aproximadamente) de farinha de milho (usei farinha do tipo flocão. bem tradicional e fácil de achar aqui na Paraíba)

Para enfeitar:
ovo cozido, champignon e algumas rodelas de pimentão

Preparo:
Refogue o frango, com cebola, alho e sal (mexendo de tempos em tempos para não queimar).
Quando o frango estiver cozido, misture o molho de tomate (e continue mexendo de tempos em tempos para não queimar).
Quando o frango estiver macio, retire-o da panela e reserve-o (até que ele esfrie um pouco).
Enquanto o frango esfria, misture, ao caldo na panela: o pimentão e deixe cozinhar por alguns minutos.
Em seguida, misture a ervilha congelada e a cebolinha picada.
Pique o frango em pedaços médios e misture-o ao caldo.
Esta é a hora de misturar a farinha ao caldo. Portanto, deverá haver caldo (líquido) na panela. Pelas receitas que consultei, o ideal é uma proporção quase 1x1 entre o caldo e a quantidade de farinha utilizada (o quase fica por conta do fato de as receitas recomendarem um pouco mais de caldo do que de farinha).
Na minha receita, calculo que havia aproximadamente 300ml de caldo e que utilizei, aproximadamente, 250g de farinha de milho.
Por via das dúvidas, misture a farinha aos poucos e vá sentindo o ponto do cuscuz (não misture farinha demais, ou ele ficará muito seco).

Montagem:
No fundo da forma, arranje ovos cozidos, champignon e rodelas de pimentão (as receitas clássicas ainda sugerem palmito, tomate, sardinha, etc. mas não utilizei nenhum desses). Distribua a massa sobre a forma já decorada e aperte levemente.

Em seguida, vire o cuscuz sobre um prato e sirva.

Observações:
  1. Como utilizei forma de silicone, não untei nem fiz nada do gênero. Algumas receitas sugerem passar um pouco (ênfase no POUCO) de azeite na forma para facilitar na hora de desenformar.
  2. Ficou tão bom que raspei a panela e nem esperei desenformar para comer.
  3. A foto dele desenformado estava condicionada a ele sair inteiro da forma.. e saiu... então:


1 comentario:

Gustavo dijo...

Bom isso aí hein!!! Depois faz um video da receita e posta no itubiu!!!