domingo, 22 de mayo de 2011

Carne ao molho de cerveja preta, com crosta crocante de milho

Histórias de Belo Horizonte....

Publicado em 1991 e adaptado para a TV em 1998, Hilda Furacão narra a história da linda garota do maiô dourado: nascida em boa família e de casamento marcado, a garota choca a tradicional sociedade mineira ao decidir largar tudo e se mudar para o quarto 304 do Maravilhoso Hotel, na rua dos Guaicurus (que, para quem não conhece BH, é uma rua tradicional de prostituição boemia no baixo centro da cidade) e, lá, trabalhar no ramo de prestação de serviços para os rapazes.Homenageando a história (que, apesar de ter vários elementos reais, é - até onde eu sei, pelo menos - fictícia), em 2006, o Café Palhares concorre no Comida di Buteco com a receita Hilda Furacão - uma carne ao molho de cerveja preta (que é sucesso garantido sempre que faço).Blá blá blás à parte... esta receita veio inspirada na Hilda Furacão, com uma crosta crocante de milho de autoria da Nigella:IngredientesPara a carne:3 dentes de alho cortados em lâminas2 cebolas picadas em cubos pequenos
600g de patinho cortado em cubos médios
2 colheres de sopa de creme de cebola
1 lata de cerveja preta
1 lata de molho de tomate3 colheres de sopa de azeitona fatiada
pimenta e outros temperos a gosto
Para a crosta  crocante de milho 250g de farinha de milho
3 ovos
1/2 colher de café de fermento em pó
100ml de leite
sal e outros temperos a gosto
Preparo:Doure a cebola e o alho e frite a carne. Misture a cerveja preta, o creme de cebola (dissolva-o à parte antes de misturar na panela) e o molho de tomate. Deixe cozinhar até a carne ficar macia (acrescente água, se necessário). Misture as azeitonas e prove o tempero.Quando a carne estiver bem macia, separe o caldo e arranje os cubos de carne em uma forma.Prepare a crosta crocante de milho misturando a farinha de milho, os ovos, sal e outros temperos, o leite e (por último) o fermento.Cubra a carne com essa mistura e leve ao forno alto (por cerca de 20 min) até a crosta de milho ficar dourada (na receita que fiz, achei que essa crosta ficou alta.... sugiro uma crosta mais fina. Vale a pena tentar seguir a receita da Nigella mais à risca.... ).


Ahh... o caldo da carne (que separei) foi utilizado como molho em uma receita de capeletti.... mas essa eu escrevo depois...





2 comentarios:

Gustavo dijo...

Esse também ganharia o comida di buteco com o pé nas costas hein! É uma variação legal do famoso escondidinho de mandioca com carne seca.

Chef Wannabe dijo...

nuuu..... Já pensou? Ganhar festival de boteco em Beozonte? Sonhando alto demais.... hehehehe